sexta-feira, 16 de março de 2012

RESPOSTA AO PADRE PAULO RICARDO JR. - PARTE 3

Por Demetrius Farias


O padre Paulo ainda insiste:
"'Não, padre Paulo. Mas o senhor tem que entender que Jesus é o único Mediador, tá escrito na Bíblia. Jesus é o único Mediador, Jesus é o único Mediador, Jesus é o único Mediador', ... e eles repetem, e eles babam e eles bufam... Jesus é o único mediador, meu filho, mas você já ouviu falar do Corpo de Cristo? O único Mediador é a Igreja. O Corpo de Cristo é a Igreja. Ele é o único Mediador. É o Cristo, mas é o Cristo total. Não é só a cabeça. O único mediador é cabeça e membros. O único Mediador é Jesus,... inteiro, a Igreja. Cabeça e membros."
Padre Paulo, como eu disse na primeira parte, ou o senhor é, no mínimo, um analfabeto em Bíblia Sagrada, ou o senhor é leviano e moralmente responsável por esconder a verdade dos seus ouvintes. Sabe qual é o texto bíblico que o senhor debochou?: "Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem." 1 Timóteo 2:5

Que parte do versículo o senhor não entendeu, padre Paulo? Não, ... sério mesmo,... de fato, o senhor precisa entender, de uma vez, que JESUS É O ÚNICO MEDIADOR. Ponto!

Esse seu silogismo leviano, típico de sofistas (na acepção mais negativa da palavra), é ridículo e sem nenhuma fundamentação, qual seja: Jesus Cristo é o único Mediador. A igreja (entenda-se aqui a igreja católica) é o corpo de Cristo. Logo, a Igreja é o único mediador.

Cristo Total? O que é isso? De que parte da Bíblia o senhor inferiu esta teologia barata? De que passagem do Novo Testamento o senhor concluiu que o único mediador é a Igreja? Não dá para entender como alguém consegue deturpar a verdade desta forma! O apóstolo Paulo, é claríssimo ao salientar para Timóteo (parece até que ele previu que no século XXI, um padre arrogante nos sairia com uma destas) que o único Mediador é Jesus Cristo, e ele o qualifica ao final: "Jesus Cristo, HOMEM." Paulo não fala de um Cristo Total. Paulo fala do Jesus Cristo, homem. Ressuscitado, em carne e que está a destra de Deus Pai.

Teimosamente afirma o padre:
"E por isso, quando um santo intercede, é o único Cristo que está rezando. 'Ah, que bobagem é esta! Imagina,... se um pecador vai ser o Cristo.' Meu irmão, você não lê a Bíblia? Olha São Paulo. São Paulo tava colocando um monte de homem e mulher na prisão. Deus derrubou ele no chão com um raio de luz, chegou e disse: ' - Para com isso, Sem-vergonha. Por que você tá me perseguindo? - Quem que é você que eu tô perseguindo? - Eu sou Jesus.' Eu sou Jesus neste bando de homem, pecador miserável. Porque eu sou a minha Igreja (a católica, na mente dele). E quem persegue a minha Igreja, persegue a mim." (Grifo meu)
Embora seja verdade que o apóstolo Paulo afirme que a Igreja (a universal e invisível, espalhada sobre a face da Terra, e não a instituição da Igreja Católica Apostólica Romana e o Vaticano) é o Corpo de Cristo, o ensino deste padre é um sofisma. Ele usa a própria alegação bíblica, a semelhança do diabo na tentação de Jesus no deserto, para fomentar o erro. É semelhante a serpente no Édem, que usa e distorce as palavras do próprio Deus, para enganar Eva.
"Saulo, porém, respirando ainda ameaças e mortes contra os discípulos do Senhor, dirigiu-se ao sumo sacerdote, e pediu-lhe cartas para Damasco, para as sinagogas, a fim de que, caso encontrasse alguns do Caminho, quer homens quer mulheres, os conduzisse presos a Jerusalém.
Mas, seguindo ele viagem e aproximando-se de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu; e, caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? Ele perguntou: Quem és tu, Senhor? Respondeu o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues;" Atos 9:1-5
"Ora, vós sois corpo de Cristo, e individualmente seus membros." 1 Coríntios 12:27
O ensino de Paulo em sua Primeira Carta aos Coríntios é um reflexo direto de usa experiência de conversão. O próprio Jesus aparece para Paulo, como uma forte e poderosa luz, e o interroga sobre a razão pela qual ele, Paulo, estava perseguindo ao próprio Cristo. Jesus afirma que a Igreja perseguida era Ele mesmo.

Paulo, ensinando sobre os dons espirituais e os serviços na Igreja, mostra que todo crente é um membro do Corpo de Cristo. Mas o ensino de Paulo (o mesmo que caiu na estrada de Damasco) é claro em nos mostrar que a expressão "Corpo de Cristo" é apenas uma figura de linguagem que denota uma realidade espiritual, onde todos os crentes, em suas comunidades locais, bem como espalhados em toda a Terra, são como membros de um corpo espiritual, unidos a Jesus Cristo em sua morte e ressurreição (Romanos 6:5). A Igreja tem a missão de proclamar o Evangelho de Cristo, sendo ela o corpo que atua visivelmente. Jesus Cristo, como cabeça, o primeiro entre todos, é o líder que detém toda a primazia na Igreja.

Esta verdade, ocultada e deturpada pelo padre, é corroborada pelo próprio apóstolo Paulo, quando escreve:
"Pois assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma função, assim nós, embora muitos, somos um só corpo em Cristo, e individualmente uns dos outros." Romanos 12:4-5 
Somos o Corpo de Cristo, como unidade da Igreja indivisível, invisível, invencível e militante. Assim o somos, em Cristo, e não por que fomos transformados no corpo físico de Cristo, ao ponto de exercer até o poder de redenção, como alega o infeliz prelado. Cristo está vivo e em carne, assentado a destra de Deus Pai (Colossenses 3:1), como Senhor e Rei, cabeça de seu corpo, ou seja, líder máximo de sua Igreja, e único advogado e mediador entre Deus e os homens, não sendo uma figura mística diluída em uma instituição como que em um princípio panteístico. Mas sim, Jesus Cristo de Nazaré, o Filho de Deus, ressuscitado em carne e vivo pelos séculos dos séculos, totalmente Deus e totalmente Homem. Este sim é o Mediador, padre Paulo. Não a Igreja, pois não É O QUE ESTÁ ESCRITO. O que está ESCRITO É QUE UM HOMEM É O MEDIADOR. O HOMEM JESUS.

Ele ainda arrota, baba e bufa:
"Por isso esse ódio... que os protestantes tem pela igreja (católica). Não vai ficar de graça assim não. Quem é que tolera ser beijado na cabeça e apunhalado no coração. (...) Amam Jesus na cabeça, então eles tem todo um amor por "Jesus Cabeça" (...) e, enquanto isso, cospem na igreja, perseguem a igreja, falam mal de Maria Santíssima (tá vendo como era a igreja católica de quem ele se referia?), que é membro da igreja. Falam mal do Papa, que é membro da igreja, perseguem a igreja e fazem tudo... Como é possível amar Jesus deste jeito? Você só ama o pedaço que você escolhe? Cadê o cristianismo bíblico que vocês pregam." (grifo meu)
Padre Paulo, quem disse que existe ódio dos protestantes contra a igreja católica e seus membros? Só o senhor (e agora, por sua mentira, os seus ouvintes) é quem acredita nisto. Quem é que disse ao senhor que o Protestantismo prega o desprezo por Maria? Só porque não cremos nos seus títulos de co-redentora e medianeira? Só porque não aceitamos as falácias de que ela foi assunta aos céus, que ela foi sempre virgem e nunca teve outros filhos? Só porque não cremos na doutrina (praticamente espírita) de que ela se comunica com os vivos e tem poderes divinos de ouvir, estar e atender a todos os que lhe rogam súplicas? Não, padre Paulo, o senhor está enganado.

Quem disse para o senhor que o Protestantismo prega a perseguição a outros cristãos? Não mandamos e nem incentivamos a perseguição e repressão contra muçulmanos, espiritas, judeus, budistas, animistas, etc., quanto mais a Igreja de Roma. Pelo contrário, é a igreja romana e o papado quem perseguiu, matou e destruiu, em nome de Cristo. Não queira se fazer de vítima agora.

Amamos a Jesus sim. Jesus, o Nazareno. Aquele que está vivo e ressuscitou. E tentamos sim, viver aquilo que Ele nos ensinou, que, dentre outras coisas, é não fazer aquilo do qual você nos acusa, padre Paulo.  O cristianismo que vivemos, tentamos viver segundo Cristo e sua Palavra sim. Não como o romanismo, que vive de acordo com suas tradições e afirmações daquilo que ele acha que é a verdade e de como ela deve ser interpretada. Fora com isto!

E para terminar, ele ainda berra, cospe e escarra:
"Meus irmãos: A Virgem Maria, como a igreja inteira, ela age na salvação do mundo, porque o 'Cristo Total' age para a salvação do mundo. Ele é o único salvador, mas ele é vivo. Ele não é uma ideia do passado. Ele está vivo e está vivo na sua igreja hoje. (...) E é por isso que a igreja é perseguida e odiada. Esta igreja, este Corpo de Cristo, que é a igreja, é gerado por uma mulher. Chama-se Maria. O corpo de Cristo não foi gerado por ela? O Corpo de Cristo, que é a igreja, é gerado também por ela."
Estas últimas afirmações do padre Paulo, no vídeo, são questões já vistas anteriormente. Sabemos que Maria não tem poder algum para salvar quem quer que seja, pois ela mesma precisou ser salva. Ela mesma não é Deus, nem se tornou uma deusa quando da sua morte, e suposta assunção. Quem salva o mundo é Cristo, a Graça de Deus, mediante a fé:
"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie." Efésios 2:8-9
É verdade que Ele, Jesus, está vivo (Glória a Deus!), e está presente hoje, em sua Igreja (Louvado seja o Seu Nome!). Mas em sua Igreja Verdadeira, a formada por todos os seus eleitos espalhados sobre a Terra, aqueles que confessaram a Jesus como seu Senhor e Salvador e creram que Deus o ressuscitou dos mortos. Nestes, sim. Nestes, Cristo está vivo, presente e atuante. Não na instituição católica e no Estado do Vaticano exclusivamente.

A Igreja foi gerada no coração de Deus e instaurada por Cristo. Não foi Maria. Ela é parte da Igreja Verdadeira e não sua genitora.  Não existe base bíblica alguma para esta afirmação do padre Paulo. Aliás, ele usa de novo sofisma. Um novo silogismo para enganar seus ouvintes: "A Igreja é o Corpo de Cristo. Jesus Cristo nasceu de Maria. Logo, a Igreja nasceu de Maria." Esta é uma mentira sem tamanho e sem conteúdo escriturístico algum. O Senhor Jesus te repreenda, padre Paulo, por dar a primazia de Cristo e do Pai para uma criatura como eu e o senhor!

Finalizo aqui minhas respostas ao padre Paulo, com as seguintes passagens sobre Jesus Cristo como Mediador: Jo. 14:6; At. 4:12; 1 Tm.  2:5; Hb. 5.5,6.
Jesus como Salvador dos Homems: Mt. 18:11; Jo. 3:16; 1 Ts. 5:9; Hb. 7:25.
Jesus é quem perdoa os pecados: Mt. 5.20; 9.6; Lc. 7.47,48; 1 Jo. 1.7-9; 2.12.
Jesus tem toda a primazia: Jo. 1.15,30; Cl. 1.18.
"E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, em que devamos ser salvos." Atos 4:12
Não é Maria quem salva, nem colabora com salvação de ninguém. Não foi Maria quem subiu na cruz e foi morta sob a mão de Pilatos, Anás e Caifás. Debaixo do céu, nenhum outro nome há, além do santo nome de Jesus Cristo, pelo qual importa que sejamos todos salvos. Não é em nome da Igreja Católica, ou qualquer outra igreja cristã, não é o nome de Maria, e nem o nome de qualquer outro ser.

Termino com os Cinco Princípios Básicos da Fé Reformada:


Sola fide (somente a fé);
Sola scriptura (somente a Escritura);
Solus Christus (somente Cristo);
Sola gratia (somente a graça);
Soli Deo gloria (glória somente a Deus).



Deus te abençoe, padre Paulo, e que ele te ilumine os olhos. Nós, os protestantes, te amamos.

24 comentários:

  1. SIMPLESMENTE UM IGNORANTE QUE VIVE NA IGNORANCIA SEM CONHECER A VERDADE, TEM QUE TIRAR AS TRAVES DOS SEUS OLHOS E VER QUE NAO PRECISAMOS DE MEDIADOR PARA CHEGARMOS AO PAI....VÁ LE A BIBLIA SR. PADRE!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou Renan Araujo e estou com uma duvida: a biblia, como ela surgiu? foram os pastores protestantes que rezaram e traduziram, que morreram, para que ela fosse assim mal interpretada?
      acho que não né, foram os bispos católicos que rezaram, traduziram, que morreram em nome cristo para podessemos hj ter uma tradiçãõ, termos uma historia de 2012 anos para vivermos.
      Padre paulo não disse nada mais que a verdade
      Deus te abençoe
      Salve Maria

      Excluir
    2. Caro Renan,

      De onde você tirou que a Bíblia foi "rezada" e "traduzida" pelos bispos e padres católicos?

      Impressionante como tem gente que aparece não sei de onde, para defender este padre Paulo, e me aparecem com os argumentos mais esdrúxulos.

      A Bíblia foi escrita ao longo de uma história de mais de 1000 anos, meu amigo, e seus autores foram os profetas hebreus, discípulos de Jesus e Apóstolos. Não foi nenhum padre ou pastor que "rezou" a Bíblia. Vá ler um pouco sobre história da Igreja e estudar sobre a formação do Cânon do Antigo e do Novo Testamento, ok?

      Ah, antes que eu me esqueça. De onde você tirou que a ICAR tem 2012 anos? Isso é aqui na Terra ou em outro planeta?

      Quanto aos bispos que você diz terem sofrido e morrido para que hoje tivéssemos a bíblia, acho que há uma inversão na sua afirmação. Foi graças a um monge alemão corajoso, que ao estudar a Bíblia descobriu que a ICAR laborava em erro, é que a Bíblia passou a ser escrita na lingua do povo, no vernáculo. Este movimento se espalhou pelo mundo e hoje temos a Bíblia em português. Se não fosse pela Reforma, meu amigo, você nem Bíblia tinha, e se tivesse, estaria em latim. E mesmo que você soubesse ler latim, só o clero da ICAR teria autorização para dizer o que a Bíblia afirma ou não afirma. Você jamais poderia fazer seu exame próprio. Em 1517 o mundo foi liberto.

      Deus também te abençoe.

      Maria já está salva e está no céu.

      Só a Deus Glória!!!

      Excluir
    3. Salve Maria!

      Vixi!!

      Caríssimo irmão em cristo Demétrio, o sr afirma ter "capacidade intelectual" em debater com o reverendíssimo Pe. Paulo Ricardo, mesmo desconhecendo a origem do cânon bíblico - inspirado por Deus, mas escrito por homens.

      Não são vocês que adotaram depois de Lutero a sola scriptura? Dizer que foi Lutero que depois de estudar começou a escrever a bíblia na língua vernácula! Isso é uma FALÁCIA! Isso começou com São Jerônimo!

      Bom, mas vamos lá! Diga-me então; Quem declarou os livros inspirados (canônicos) e os não inspirados (apócrifos)??

      Alguém deve ter feito isso ao longo da história, não acha?? Ou você acha mesmo que a bíblia caiu do céu com zíper e tudo??

      Fraterno abraço!
      Deus benedicat te et custodiat te!

      Continuarei orando pela sua conversão!
      Pax et Ignis!

      Excluir
    4. Caro Celito,

      Sua constante insinuação de que o Pe. Paulo tem tantos títulos e conhecimentos teológicos que lhe fazem inerrante e inatingível é algo notável. É como se fosse até uma afirmação de que você mesmo é incapaz de contradizê-lo. Mas eu sei que isso é fruto de sua admiração por ele, então não lhe culpo por isso. Mas sim, eu tenho capacidade intelectual para debater, pois não sou nenhum ignorante, idiota, ou pessoa que passou fome a ponto de ter prejudicada as suas faculdades mentais. Graças a Deus eu tenho saúde e pude estudar em boas escolas, fazer faculdade em uma instituição pública federal e atualmente estou me pós-graduando e entrando novamente para uma segunda graduação, o seminário teológico. Deste modo, posso porvar a você que tenho sim capacidade para repreender e debater este seu objeto de admiração, que te convenceu de que só ele e o clero podem ler a Bíblia e interpretá-la, privando você do direito que Deus deu aos seus filhos de examinar livremente a Escritura e chegar ao seu significado.

      Por falar nisto, eu não sei de onde você tirou a ideia de que eu não conheço o cânon bíblico. Ledo engano, meu amigo. Você deveria saber que todo protestante sério não só tem por hábito a leitura e o estudo diário da Bíblia, como também deve conhecer o cânon e a sua origem. Além disso, todo o cânon é reconhecido pelos protestantes como divinamente inspirado, embora escrito por homens - ou seja, o fator humano não prejudica e anula a inspiração e revelação da Palavra de Deus, sendo ela a Verdade e não apenas "contendo a verdade", como propõem os liberais.

      Quanto a falácias, deixe-me dizer uma coisinha. Se Lutero não tivesse traduzido a Bíblia para o alemão, o povo daquela época seria escravo da interpretação da Igreja, sendo apenas permitida a versão da Vulgata Latina, sendo lida apenas pelo clero e por quem sabia latim. Este movimento se espalhou pela Europa e a Escritura passou a ser lida em cada língua onde houvesse quem a traduzisse. Não nego que São Jerônimo serviu como benção para o povo ao traduzir o texto grego da LXX para o latim, entregando a Bíblia para o povo europeu da época - sob o Império Romano e países vizinhos, mas a Igreja Romana, ao longo dos anos, passou a adotar o latim como língua litúrgica e só permitiu que a versão de Jerônimo fosse única reconhecida. Então, não há falácia alguma aqui. Graças a Lutero, temos a Bíblia em alemão, graças a Tyndale temos a Bíblia em inglês, e graças a João Ferreira de Almeida, temos ela em português. Graças a ICAR, teríamos apenas ela em latim, um desfavor a cristandade ocidental.

      E como você parece querer me testar, respondo a sua pergunta mais do que capciosa: A Bíblia, na sua configuração atual - incluindo o Novo Testamento, foi reunido ao longo da segunda metade do primeiro século ao até o final do quarto século, quando foi reconhecido pelo Concílio de Cartago (397 a.D.). Porém com uma ressalva. Se você quer argumentar que com isso, quem determinou os livros do N.T. foi a ICAR e por isso, ela é a única que pode interpretar, digo a você, isso sim é uma falácia. Todo historiador sério vai afirmar com categoria, a ICAR (a instituição que conhecemos hoje, com seus moldes mais ou menos definidos) só surgiu em 1054, sendo que suas distorções e heresias já se verificavam desde 370, mas sem amplitude em todo a cristandade. Obs.: Hipona e Cartago eram da jurisdção do Oriente sem domínio do bispo de Roma (apenas reconhecido como Papa em 607).

      Fora estas demandas, eu não vou provar mais nada a você - e nem preciso fazer isso.

      Excluir
    5. Você queria uma resposta. Eu já havia lhe dado. Você que não viu.

      Agora que você quer que eu seja desonesto e diga que foi a ICAR que formou o Cânon do Novo Testamento, eu não vou te dar este prazer, até porque é uma mentira.

      Excluir
  2. Prezado Demétrius é muita pertinência de vossa parte se dirigir ao Reverendíssimo Padre Paulo Ricardo como "analfabeto em Bíblia". Ainda mais vendo que sua formação acadêmica é Psicologia.
    O Pe. Paulo Ricardo foi ordenado sacerdote no dia 14 de junho de 1992, pelo Papa João Paulo II. É bacharel em teologia e mestre em direito canônico pela Pontifícia Universidade Gregoriana (Roma). Atualmente, leciona nos cursos de Filosofia e Teologia.
    Foi durante quinze anos reitor do Seminário Arquidiocesano de Cuiabá. Desde 2002, a Santa Sé o nomeou membro do Conselho Internacional de Catequese (Coincat), da Congregação para o Clero. Além de um conhecimento profundo nas linguas grega, hebraica, aramaica, etc... Que o sr "doutor" deve saber que são as linguas que as Sagradas Escrituras foram escritas no original.
    Bom, este é o "analfabeto" que o sr protestante esta atacando.
    Agora me responda: QUEM É VOCÊ???
    Sei que não vai responder, muito menos publicar este comentário em seu blog - tenho certeza!
    Cuidado, você que se diz tão doutor em Bíblia, deveria se lembrar da prudência que Ela nos ensina.
    Estarei orando pela sua conversão.
    Não esqueça de me responder: QUEM É VOCÊ???
    Pax et Ignis!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Celito,

      Antes de tudo, seu comentário foi publicado e, agora, está sendo respondido, já que você não postou como anônimo - como faz a maioria que me xingam com palavrões e insultos bárbaros e no final assinam "Salve Rainha". Lindo isso, né?

      Sobre o seu comentário, minha formação acadêmica em nada me desabona. Pelo contrário, tal qual este padre, eu também tenho formação intelectual, leitura e capacidade de argumentação. Mas se a questão for a formação teológica, não fique desapontado. Explico:
      Sou nascido em um lar protestante, de confissão reformada, membro da Igreja Presbiteriana de Manaus, e com a experiência da minha conversão a Jesus ainda na infância. Cresci educado por meus pais na fé Bíblica, aprendendo desde cedo as Sagradas Letras, convivendo na mesma comunidade até hoje, o que me solidificou de forma que nunca experimentei e nem quis experimentar o "mundo", como as pessoas dizem por aí. De modo que você não precisa orar pela minha conversão, pois já sou convertido e resgatado por Jesus Cristo. Mas se sua oração é para que eu me converta a ICAR, por favor, nem continue, pois eu dispenso. Sou psicólogo, formado pela Universidade Federal do Amazonas, na turma de 2007, pós-graduando (terminando) em Gestão de Pessoas pela UniLasalle Manaus (Católica), e cursando seminário teológico presbiteriano, além de postulante a vaga em outra pós-graduação teológica, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, no Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper.

      Este sou eu, se você queria me conhecer.

      Agora, se você queria minhas referências para passar na minha cara que eu não tenho gabarito para responder ao padre Paulo, por não ter os títulos e mais títulos dele, então, meu amigo, você se deu mal. Estes inúmeros títulos não me valem nada, diante da tremenda ignorância e distorção da verdade demonstrada por este padre. E se eu, sem toda esta gama de "condecorações" e "honrarias" sou capaz de responder a ele, imagine quando eu concluir o seminário e terminar a minha segunda pós-graduação?

      Porém, eu não quero medir meus méritos e nem entrar em combate de egos com ele. Este não é o meu objetivo. Meu objetivo é responder ao ATAQUES DELE.

      O "analfabetismo bíblico" dele é apenas retórico. Se você leu o primeiro artigo, vai ver que eu assumo que ele conhece a Bíblia, mas não a ensina como deveria. O fato dele saber as línguas originais não me surpreende. Alguns dos meus pastores pastores são versados em grego, hebraico e aramaico. Meus professores do seminário também conhecem, e tem muito arqueólogo, e cientista ateu que também conhece muito bem as línguas originais.

      Mais uma vez. Quem ATACOU ALGUÉM AQUI FOI O PADRE, e não eu. As ofensas vieram dele. Agora, quem fala e escreve o que quer, tem que arcar com o ônus de ouvir e ler o que não quer. Paciência.

      Obrigado pela recomendação da prudência, coisa que tomei desde o início, pois no auge da minha indignação com este padre, eu poderia ter sido baixo e ter cedido a insensatez, mas não fiz, por agir com prudência.

      Até agora, mais uma vez eu digo, só tenho lido comentários profanos contra mim, ofensas pessoais e xingamentos de católicos "ofendidinhos", que não sabem debater de forma argumentativa e com base na Escritura. Só sabem me mandar para "aquele lugar", "tomar naquele outro", e por aí vai. Estes eu nem publico.

      Quando algum comentário parece ser mais "limpo", eu noto que ninguém usa a Bíblia e apresenta um argumento que seja verdadeiro. É só pra dizer que a ICAR é tão velha quanto o mundo (como se o cinete da história todas as vezes validade algo), e que o protestantismo só tem 500 anos, que a fé protestante é fora da ICAR, o padre Paulo é isso e aquilo, passando lustra móveis nele, etc...!!!

      AH, PAREM COM ISSO!!!!!

      E você, Celito, quem é??? (Quero conhecê-lo e não passar na sua cara seus títulos ou a falta deles)

      Excluir
    2. Salve Maria!

      Parabéns, você é o cara!
      Bom quanto a mim prezado, sou o último. Aquele que não é digno das lágrimas da Virgem Maria. Porém Jesus me fez digno da vida eterna na sua morte de cruz. Me considero o ultimo de todos os seus servos! Sou o nada que depende daquele que é o Tudo.

      MESMO SEM MERECER (POR UM DIA A TER PERSEGUIDO) TENHO A GRAÇA DE PERTENCER A IGREJA DE CRISTO... SOU CATÓLICO!

      Ad majorem Dei gloriam!
      Prazer Celito Garcia.

      Antes que venha com seu "tiroteio intelectual" quero me adiantar - sei como vocês protestantes se portam.

      Terei o maior prazer em responder qualquer argumento ou questionamento seu. Mas como vocês apenas se baseiam nas Sagradas Escrituras - JOGARAM FORA A TRADIÇÃO E O MAGISTÉRIO - quero apenas que me afirme quem compilou o índice da sua bíblia. Como os livros declarados canônicos foram parar na sua e na minha bíblia???

      JÁ QUE TODAS AS RESPOSTAS - SOLA SCRIPTURA - ESTÃO NA BÍBLIA (PARA VOCÊS PROTESTANTES) VAMOS COMEÇAR DO COMEÇO ENTÃO!!

      Como já disse, você é o cara, É FANTÁSTICO!
      Com certeza sua intelectualidade e senso da Verdade vai me trazer esta resposta!

      Fraterno abraço!
      O último dos servos
      Ad majorem Dei gloriam!

      Celito Garcia

      Ps.: Continuarei orando pela sua conversão!

      Excluir
    3. Caro Celito,

      De novo, homem!!!

      Va bene!

      Eu não sou O CARA, mas sou o filho dEle.
      Esta sua apresentação pessoal mais parece que você está jogando na minha cara toda a sua "humildade", e me chamando de orgulhoso. Isso não funciona, meu amigo. Não vou me sentir culpado por isso, como se eu tivesse cometido um crime perante Deus por afirmar que posso examinar a Bíblia, receber de Deus graça e iluminação para interpretá-la e, com base nisso, tecer qualquer comentário teológico contra as afirmações de qualquer membro do clero romano.

      Quanto as lágrimas de Maria, sinto em lhe dizer que ela está no céu, nos braços de Jesus Cristo e gozando de toda presença de Deus, mas sem saber que o Celito existe aqui embaixo, já que ela não é onisciente e nem onipresente. Então, me poupe deste sentimentalismo todo que quer me fazer parecer "o primeiro" e o orgulhoso. Seu padre já fez o desfavor de nos ofender. Não preciso de mais uma ofensa (gostaria eu de manter o nível elevado, mas vejo que não é possível).

      Não aceito a indireta de "perseguidor da Igreja", pois a ICAR não é sinônimo da Igreja de Cristo na Terra. Fora com esta acusação infundada. A Igreja de Cristo é invisível, está espalhada sobre a Terra e não é institucional como a ICAR, seus dogmas e seu clero.

      Quanto a sua pergunta, já a respondi anteriormente. Não vou me repetir.

      Excluir
    4. Bom é isso ai... você respondeu! Com algumas ressalvas claro, mas respondeu! hehe

      Tanto o Antigo e o Novo testamento foi formado pelos Bispos da Igreja Católica durante os séculos. Pare de afirmar que não foi. Basta estudar com fidelidade meu caro!

      A única contribuição que a grande e esmagadora minoria protestante deu a bíblia foram algumas traduções. DO CANÔN QUE JÁ ESTAVA FORMADO!

      Bom, se você achava que eu ia argumentar sobre a total - e única - autoridade da Santa Igreja em interpretar as Sagradas Escrituras, fica pra próxima.

      Se você já reconheceu que foi a Santa Igreja Católica que compilou os livros canônicos - e declarou os apócrifos - da sua e da minha bíblia, então graças a Igreja Católica temos a bíblia como é hoje!!! Concorda!??

      Então me responda só mais essa e te deixo em paz para voltar ao seu mundo da lua - sola scriptura.

      Como você diz acreditar tanto na bíblia como única fonte de Revelação e não acredita na Igreja que a compilou?

      Antes de acreditar na bíblia, é preciso acreditar que os homens que formaram o cânon - bispos católicos - são infalíveis e não erraram - logo a bíblia seria uma farsa. Ou seja: "ANTES DE ACREDITAR NA BÍBLIA É PRECISO ACREDITAR NA IGREJA"! Pois foi a Igreja que nos deu a bíblia!

      CONCORDA??

      Durma com esse barulho doutor teólogo!

      Ps.: Se quiser eu mando um e-mail para o sr com todas as pessoas que contribuiram com a biblia em todos os séculos... Vai se surpreender! Ta na hora de estudar um pouquinho fora daquilo que lhe ensinam ERRADO!
      Vale a pena, os protestantes que ousaram estudar buscando a verdade, voltaram para a casa!

      Ahh E continuo reando ainda! Já sabe né!? =)

      Pax et Ignis!

      Excluir
    5. Vamos lá:

      1. Tanto o Antigo e o Novo testamento foi formado pelos Bispos da Igreja Católica durante os séculos. Pare de afirmar que não foi. Basta estudar com fidelidade meu caro! - Resposta: Não é verdade. O Cânon do Antigo Testamento já estava fechado e completo desde 400a.C., sendo o livro de II Crônicas o último a ser escrito. No primeiro século da Era Cristã, o A.T. já era amplamente reconhecido como sagrado pelos judeus e pelos cristãos. O Cânon do N.T. não foi reunido pelos bispos católicos - pois nem igreja católica romana ainda existia; existia sim era a Igreja Cristã. Foi a comunidade dos crentes que fizeram esta seleção ao longo dos dois primeiro séculos. Em Cartago, o sínodo III só fez reconhecer o status de sagrado que eles já gozavam. Vá estudar história da Igreja e converse com qualquer historiador de uma universidade. Aí vamos falar de fidelidade em estudo.


      2. A única contribuição que a grande e esmagadora minoria protestante deu a bíblia foram algumas traduções. DO CANÔN QUE JÁ ESTAVA FORMADO! - Resposta: Números não significam absolutamente nada. A maioria católica que você se arroga, se fosse praticante e fiel, mudaria o Brasil. Então não me venha falar de maioria católica, porque isso não significa nada. A Bíblia é clara em mostrar que os eleitos de Deus sempre são um remanescente. Comentários de lado, você se engana, meu amigo, quanto a contribuição protestante na divulgação da Palavra de Deus e na distribuição dela. Graças a ação dos protestantes, ela está traduzida em MUITAS LINGUAS (não algumas), se várias outras versões estão em processo de tradução para idiomas ainda não contemplados. A ICAR pouco ou nada faz quanto a isso. Além do que, foi o protestantismo que ensinou ao povo comum a examinar a Escritura e por si só avaliar o que o clero e a instituição de qualquer igreja prega - inclusive a nós mesmo. É pelo livre exame que hoje muitos podem questionar e averiguar a verdade. A Bíblia é autoridade por si só, como Palavra de Deus, e sua autoridade não deriva de mais ninguém além de Deus, e não dependia ou depende de ninguém para sua elucidação, além do próprio Espírito Santo.


      3. Se você já reconheceu que foi a Santa Igreja Católica que compilou os livros canônicos - e declarou os apócrifos - da sua e da minha bíblia, então graças a Igreja Católica temos a bíblia como é hoje!!! Concorda!?? - Resposta: Discordo. Reconheço, assim como todos os protestantes, que a liderança da Igreja Cristã aprovou oficialmente o que já era aceito nas comunidades. Isso não é mérito do catolicismo, que não existia na época. São dois votos contra um (Protestantes e Ortodoxos x Católicos), já que só vocês aceitam o primado de Roma desde Pedro (que não é dito na Bíblia), e admitem a instituição da ICAR como fato desde o Pentecostes.

      Excluir
    6. 4. Como você diz acreditar tanto na bíblia como única fonte de Revelação e não acredita na Igreja que a compilou? - Resposta: Acredito na Igreja de Cristo, única e indivisível, espalhada sobre toda a Terra. Esta é feita de católicos (verdadeiramente convertidos a Jesus Cristo e livre dos ídolos), protestantes (verdadeiramente convertidos), ortodoxos (verdadeiramente salvos e livres dos semelhantes paganismos da ICAR). Contudo, a Bíblia é autoridade por si mesmo, sendo ela a Revelação e Palavra de Deus, tanto no A.T. quanto no N.T., e sua autoridade não deriva da Igreja.


      5. Antes de acreditar na bíblia, é preciso acreditar que os homens que formaram o cânon - bispos católicos - são infalíveis e não erraram - logo a bíblia seria uma farsa. Ou seja: "ANTES DE ACREDITAR NA BÍBLIA É PRECISO ACREDITAR NA IGREJA"! Pois foi a Igreja que nos deu a bíblia! - Resposta: Laboras em ERRO. Antes de crer em homens (que são mentirosos, Rm.3:4), é preciso crer em Deus e sua Palavra. Ponto. Não foram os bispos que a escreveram. Sem eles a Bíblia teria se formado do mesmo modo. A Bíblia só seria uma farsa se os autores originais assim o fossem. Mas ela é verdadeira em tudo e sua autoridade deriva de Deus por meio de sua revelação e inspiração. Esta sua lógica é absurda. Como algo cuja autoridade deriva de Deus como norma e revelação para o seu povo e a sua Igreja pode ser precedido por esta última??? Isso é ilógico A comida foi feita para o estômago, e não o estômago feito para a comida. Sem comida, o estômago perde seu sentido. Ah, sim... Só pra lembrar: Nenhum homem sobre a face da Terra, em todos os tempos e épocas, foi ou será infalível e inerrante. Somente Cristo foi infalível e inerrante.


      6. Durma com esse barulho doutor teólogo! - Resposta: Dormi em com um silêncio que ronquei.

      Agora cumpra sua palavra, você tem a sua resposta, e não me escreva mais, pois esta conversa não vai a lugar nenhum. Quem realmente carece de estudo honesto e mais acurado não sou eu, embora eu tenha que manter este bom hábito para, enfim, recomenda-lo.

      Excluir
    7. Salve Maria!

      Pra mim esta ótimo... você respondeu tudo o que eu queria! O resto é sua "teologia" moderna - menos de 500 anos. Contra a Teologia Tradicional - mais de 2000 anos - que tem o respaldo dos primeiros cristãos. E como você jogou fora toda a Tradição, com certeza não vamos a lugar nenhum mesmo!!!

      Mas confesso que pra mim esta ótimo, estou satisfeito!!! =)

      Só lhe dou uma dica de irmão em Cristo: Faça como muitos ex-protestantes que retornaram a Igreja Verdadeira. Estude - você precisa - os Padres da Igreja (Igreja Primitiva) e vai perceber que a Igreja nasceu Católica =)

      Deus o abençoe dr. "teólogo" =)

      Continuarei orando pela sua conversão! Conte com isso =)

      Pax Domini!

      Excluir
    8. Meu Caro,

      PAZ DE CRISTO!
      MARIA JÁ ESTÁ SALVA - GRAÇAS A DEUS!!!

      Bem... 2000 anos é questionável. Se você acredita que pode traçar a origem da ICAR desde os Apóstolos, então a teologia protestante também tem seu desenvolvimento igualmente longo. Contudo, como o sinete da história e do tempo não garantem legitimidade neste ponto, prefiro ficar com os 500 anos de resgate da sã doutrina, a ter que laborar com uma teologia eivada de paganismo bárbaro.

      Fico feliz que esteja satisfeito com as respostas, pois tentei não te deixar sem elas.

      Como eu disse anteriormente: A Verdadeira Igreja de Cristo é a comunhão de todos os crentes verdadeiros, salvos em Cristo Jesus, espalhados pela face da Terra, e não uma instituição em particular.

      Quanto a Igreja nascer católica, você tem razão, ela nasceu católica e permanece católica, se lembrarmos que a palavra "católica" significa "UNIVERSAL". Isto é exatamente o que chamo de Igreja de Cristo e Corpo, Família de Deus. Pensando nestes termos, eu também sou católico. O que eu não sou é "Apostólico Romano", e esta igreja romana não é e não pode arrogar para tal exclusividade.

      Quanto a minha conversão, não se dê ao trabalho, pois este que vos escreve já é salvo e remido pelo Sangue do Cordeiro, mediante a boa confissão, em Fé na Obra Redentor do nosso Senhor na Cruz do Calvário. Eu já confessei a Jesus como meu salvador e creio que Deus o ressuscitou dos mortos (Romanos 10: 9-11; Mateus 10: 32,33; Atos 8: 36,37), e por meio da fé a Graça de Deus me resgatou das trevas (Efésios 2: 1-10; II Timóteo 1:9).

      Se ainda quiser orar por mim, ore a Deus para que ele tenha misericórdia de mim todos os dias, para que me livre das tentações e me sustente em santidade.

      Graça e Paz sobre sua vida e a vida de sua família. Que Deus abençoe a todos eles e especialmente a você, com toda sorte de bençãos espirituais nas regiões celestes em Cristo.

      FUI!!!

      Excluir
  3. Como vc disse no final: cinco pontos da Fé Reformada... livrai-nos Senhor dessa fé falsa, corrupta, deformada, que saiu 1500 anos depois de Cristo! fé maluca, que vem do homem e não da Revelação... isso mesmo... fé reformada, não é a Fé Original, é a falsa, a outra...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu confesso que cada vez que leio um comentário destes, me dá uma vontade de deletar sumariamente. Mas não acho que esta é a ação mais adequada. Então, vou para a resposta.

      Até o presente momento, ninguém que veio em defesa deste padre bocudo, me apresentou um argumento bíblico que fundamentasse qualquer afirmação deste homem, ou de qualquer doutrina da ICAR que se desvie da verdade das Escrituras.

      Agora, seu Anônimo (pois com anônimos eu não tenho respeito nenhum), você deveria lavar a ponta dos dedos com sabão e soda cáustica (e a boca também), antes de afirmar que a fé reformada é falsa, corrupta e deformada. Você, ignorante quanto a tudo que é espiritual, não conhece a "Fé Original" que se encontra nas Escrituras e não na instituição da ICAR como você acredita.

      Desafio você, Anônimo, a me provar pela Bíblia e por argumentos, de que:
      1. Que a fé não é suficiente para a salvação (e precisamos de obras), se a própria Bíblia afirma: Rm. 3:28; Isaías 64:6; II Crônicas 20:20; Mateus 7:22,23; Lucas 5:20; Lucas 18:10-14; Lucas 23:40-43; João 3:16,18; João 6:28,29; João 5:24; João 6:40; João 6:47; Atos 10:43; Atos 16:31; Romanos 10:8,9.

      2. Prove que a Bíblia não é a única Regra de Fé e Prática do Cristão, tendo ela a primazia (que a tradição tem o mesmo peso e valor da Bíblia como Palavra de Deus), se mesmo os protestantismo admite a tradição, se ela não conflitar com a Escritura, que é sua reguladora.

      3. Prove, Anônimo, pela Bíblia, que não é por Jesus Cristo os méritos da Salvação: Atos 4:11,12; Mateus 1:21; I Timóteo 2:5,6; Hebreus 8:6.

      4. Prove que a Salvação não é pela Graça de Deus (sem as Obras): Efésios 2:8-10.

      5. Prove que outros merecem semelhante ou aproximada Glória que a Deus é dada, se a própria Escritura afirma: Isaías 42:8; Apocalipse 4:8,11; 5:12,13; 7:12; 14:6,7.

      Anônimo, se você conseguir provar que estas afirmações bíblicas são falsas, corruptas e deformadas, como você alega, faça-me o favor, se torne ateu e vá viver sua vida.

      Acabei de provar que a Fé Reformada é baseada na Revelação sim. Na Bíblia, na Escritura. A sua fé é que é a outra, a falsa, a cheia de penduricalhos e adições feitas ao longo de mil anos de perseguição, Inquisição, conversões forçadas e em massa de bárbaros e povos pagãos, que trouxeram consigo seus deuses e que estes foram sincretizados aos santos católicos e cujas imagens foram autorizadas por homens.

      Maluca? Me prove!

      Excluir
  4. Meu nome é Juliana. Penso ser muito importante debater a fé, porém ficar trocando ofensas não é algo virtuoso, penso que isso apenas acontece pela nossa vaidade, onde nunca iremos convencer nem deixar convencer, pois quando começamos a trocar ofensas já perdemos o discernimento de Cristo, vaidade...

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Cara Juliana,

    Você poderia me mostrar, no texto, onde eu ofendi o padre (sendo que é mais fácil você encontrar ofensas do padre)? Também, por favor, me mostre, no texto, onde eu perdi o discernimento de Cristo?

    Responder de forma polida, nem sempre é abster-se de recursos literários e retóricos como o sarcasmo e a inversão, além do que, ser cristão não significa ser passivo e ter "sangue de barata". Apologética existe para refutar o erro dar contra-respostas a afirmações mentirosas.

    Fique na Paz!

    ResponderExcluir
  6. Irmão Demétrio, sou presbiteriana também de alta floresta D'Oeste RO, e muito feliz em saber que vc é meu irmão em cristo.... quando vi o vídeo do pe paulo fiquei indignada, não pq nos chamou de otários e sim pq falou muitas heresias, e com certeza enganou muita gente e até mesmo incitou o ódio contra os evangélicos. Fiquei muito feliz em ver sua resposta, na minha opinião a melhor resposta da internet, nao digo isto para que vc se glorie e sim para que vc cada dia mais estude a palavra de Deus e se preocupe em viver somente a bíblia e não as suas idéias! na verdade eu nunca tinha parado para refletir que a igreja católica não aceita a bíblia como única regra de fé e pratica sabe.... eu pensava que eles diziam isto mas não seguiam corretamente, e não, eles dizem abertamente que ela não é a única regra de fé e prática, chocante! Irmão, que Deus continue abençoando a vc e sua família,e confirmo o que vc escreveu... não odiamos o padre paulo e nem a igreja católica!
    Acredito que em muitas denominações tem pessoas escolhidas por Deus! Infelizmente a Igreja Primitiva, que era uma igreja santa, de Deus, foi se humanizando e infelizmente foi deixando o verdadeido Deus de lado e se entregou ao paganismo....tenho uma pergunta pra vc... se os católicos acreditam que só a igreja deles salva... então eles acreditam que os homens de Deus do velho testamento foram para o inferno? pq não existia igreja católica naquela época...fiquei com esta duvida sabe.... Que Deus te abençoe como presbítero aí de Manaus e que vc possa ser inspirado por Deus! Espero que vc se torne pastor e leve o verdadeiro evangelho às almas necessitadas! Estou orando por vc!

    ResponderExcluir
  7. Ah, e gostaria muito que vc lesse este artigo e debatesse ele... http://reporterdecristo.com/ex-protestante-explica-porque-retornou-ao-catolicismo/
    Aguardo...

    ResponderExcluir
  8. Caro Demetrius,
    Sempre leio seus bem alicerçados e biblicamente embasados escritos. Parabéns por seu equilíbrio intelectivo-espiritual e ainda mais por sua paciência ao respostar a seus críticos (geralmente belicosos e mal-informados).
    Acompanhei sua análise dos infelizes, indoutos e absurdamente anti-protestantes comentários do sacerdote católico, que como tal, deveria cuidar mais de doutrinar em amor "católico" seus fiéis, que instigá-los a uma postura de sarcasmo e zombaria com relação aos evangélicos.
    Quanta destemperança e desrespeito à fe alheia um "tão qualificado" pseudo-teólogo exuda em um momento tão espiritualmente importante quanto o da pregação da Bíblia.
    Entendo em parte, pois o padre, é sub-produto de uma anqiquíssima tradição (+ de 1500 anos, segundo um de seus leitorers apostólico-romano acima) de deturpação no ensino das verdades bíblicas, de intolerância à fé evangélica e de postura inquisitorial marcada pela violência e truculência ecelsiásticas (que fale o sangue das vítimas das inquisições portuguesa, italiana e espanhola!!!).
    Lamento sempre quando, quer de católicos, evangélicos ou quaisquer outras designações cristàs, percebemos na pregação do evangelho, a intolerância religiosa triunfar sobre o amor cristão.
    Um abraço prá você e sua querida esposa.
    nEle. Lon.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, amado pastor. Fiquei feliz de saber que o senhor lê o meu blog. Obrigado pelo apoio.

      Excluir

OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO!

CHAMADA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...