sexta-feira, 16 de março de 2012

O PADRE "PEDE PRA SAIR"

Após polêmicas, Padre Paulo Ricardo se ausenta em busca de conselho espiritual e jurídico

13/03/2012 - 12:05h
Ele lamentou a interpretações que seus colegas deram ao seu discurso e disse que vai procurar conselho espiritual e assistência jurídica.

O padre Paulo Ricardo de Azevedo, de Cuiabá, escreveu uma carta em seu blog no último domingo (11) afirmando que vai deixar a capital do Mato Grosso para buscar “conselho espiritual” e “assistência jurídica”. Na semana passada um documento assinado por 27 padres do estado pedia o afastamento dele por suas declarações no evento “Vinde e Vede”.

O pároco lamentou a interpretação que deram para sua pregação quando insinuou que o “espírito mundano” tinha entrado na Igreja Católica, citando seus colegas padres que não estavam mantendo uma postura adequada. Os padres se sentiram ofendidos e caracterizaram os sermões de Paulo Ricardo como “austeros e ofensivos”.

“Vejam: Nossa Senhora está dizendo que a Igreja tá sofrendo um calvário. E por quê? Porque entrou dentro da Igreja o espírito do mundo. E entrou como? Entrou por causa de padre! Por causa de padre que não é padre! Por causa de padre que não honra a batina porque, aliás, nem usa a batina!”, disse o padre durante seu discurso.

Paulo Ricardo de Azevedo é o mesmo padre que recentemente chamou os evangélicos de “otários” por não acreditarem na intermediação da Virgem Maria e por entenderem que podem chegar a Deus apenas clamando por Jesus.

Enquanto os padres assinaram o pedido de afastamento de Paulo Ricardo os membros da paróquia lançaram uma petição pública eletrônica recolhendo mais de 13,2 mil assinaturas.

Além disso, cerca de 300 fiéis se reuniram na Igreja do Bom Despacho na última quinta-feira (8) para fazer uma moção de oração em apoio ao sacerdote.

Com informações Mídia News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO!

CHAMADA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...