terça-feira, 28 de maio de 2013

PAPA FRANCISCO E O ENSINO EQUIVOCADO DO UNIVERSALISMO

Por Renato Vargens

Há alguns dias atrás o papa Francisco afirmou categoricamente que todos os homens, incluindo os ateus foram redimidos através de Jesus, tendo por direito a vida Eterna. (leia a matéria no Pavablog)

Durante sua homilia na missa de quarta-feira (22/05 em Roma, ele enfatizou a importância de “fazer o bem” como um princípio que une toda a humanidade, e uma “cultura de encontro” para apoiar a paz.

Usando um texto do evangelho de Marcos, o papa explicou como os discípulos de Jesus ficaram desapontados quando alguém fora de seu grupo estava fazendo o bem, de acordo com relatório da rádio do Vaticano.

ENFIM, O POLÍTICO EVANGÉLICO PERFEITO?

NOTA DO BLOG: Antes de iniciar a reprodução deste artigo do Blog do Julio Severo, velho conhecido de vocês e desafeto cibernético de alguns, devido a sua postura cristã conservadora no que tange a moral, família, igreja e sociedade, eu quero esclarecer alguns pontos importantes:
1. Julio Severo faz pesadas críticas contra a Teologia da Missão Integral, das quais eu compartilho muitas delas. No entanto, cabe ressaltar que seu canhão tem sido direcionado a um modus operandi desta visão teológica que - na América Latina principalmente - tem se aliançado com visões políticas marxistas e de esquerda, apoiando movimentos sociais de caráter duvidoso e feito declarações estranhas como, por exemplo, em apoio ao governo chavista venezuelano ou em apoio a causa sociais que afrontam diretamente o Evangelho e os princípios da Igreja de Cristo.
2. Embora a Teologia da Missão Integral, em sua raiz, tenha origens teológicas sadias no Pacto de Lausanne (1974), resultado do Primeiro Congresso sobre Evangelização Mundial, muitos dos antigos signatários hoje tem adotado uma postura teológica liberal, progressista ou mesmo apóstata, abraçando pressupostos muito mais socialistas e comunistas do que verdadeiramente cristãos ou bíblicos.
3. Embora a Teologia da Missão Integral tenha sua origem no Pacto de Lausanne, ela não é fruto direto dos trabalhos ali desenvolvidos. Sua origem e desenvolvimento se deram na América Latina e seu contorno socialista tem se avolumado ao longo dos anos, equiparando-se a Teologia da Libertação, vertente social da Igreja Católica Romana.
4. Por fim, quero dizer que não sou ignorante quanto ao Pacto de Lausanne, sendo favorável aos seus artigos. Contudo, não posso mancha-lo com a recente idolatria que lhe fazem, principalmente por aqueles que têm se prestado a bases filosóficas socialistas e comunistas, mas que se mascaram atrás do documento suíço.
Nestes termos sigo, então, com o artigo de Julio Severo.

O PELAGIANISMO E ALGUNS PASTORES EVANGÉLICOS

Por Renato Vargens

Por mais incrível que possa parecer existem pastores ensinando a inocência do ser humano. (Por favor, leia o texto cujo titulo é "O mito da bondade humana" )

Pois bem, outro dia ouvi um pastor dizendo que o homem ao nascer, nasce bom. Segundo ele, o ser humano é como uma louça em branco que com o passar do tempo pode ser marcada tanto para o bem como para o mal. Além disso, o dito pastor afirmou que o homem é fruto do meio, portanto, se ele for criado num ambiente ético, honesto e decente, assim ele o será, contudo, se for educado num contexto de ódio, violência e promiscuidade, assim também o será.

ALGUNS PRINCÍPIOS CRISTÃOS SOBRE O LAZER E ENTRETENIMENTO

Por Augustus Nicodemus Lopes

Faz algum tempo acompanhei uma discussão entre jovens cristãos, pela Internet, sobre a ida a shows de artistas famosos. Após uma boa troca de mensagens, postei a mensagem abaixo sobre alguns princípios cristãos sobre o lazer. Fica para a reflexão de quem se interessar:

Queridos,

Acho que o método certo para analisarmos esta questão e outras é estabelecermos os princípios bíblicos que controlam o assunto. Sem o referencial bíblico ficaremos às apalpadelas. Menciono alguns princípios bíblicos que controlam a questão do LAZER do crente -- pois é aqui que se encaixa o assunto.

1. É dever do crente fazer todas as coisas para a glória de Deus. Isto inclui o lazer. Portanto, qualquer forma de lazer em que o crente não consiga glorificar a Deus deveria ser questionada. Esclareço que eu iria a um show de artistas cujo conteúdo, ambiente, letra das músicas, apresentação pessoal dos artistas (alguns se apresentam semi-despidos) não ofendam as virtudes cristãs nem os valores morais do Cristianismo.

sexta-feira, 24 de maio de 2013

CALADOS PELA DIVERSIDADE

Por Fabio Blanco

25 de abril de 2013"
Além do sufoco infantil, o sufoco da opinião. O respeito à diversidade é alçado, então, ao estatuto de lei universal, inviolável. Como diante de uma regra imutável, enxergar o diverso como algo tolerável deixa de ser uma questão de opção e valores e passa a ser mandamento"

A diversidade é uma santa imaculada, louvada, venerada por todos os adeptos da "igreja do pensamento que não desagrada ninguém". Segunda a doutrina dessa comunidade amorfa, inócua e desinteressante, toda manifestação cultural deve ser valorizada, nenhuma cultura pode ser considerada superior e, principalmente, toda cultura deve ser respeitada, ainda que sua prática seja absurda ao observador.

Segundo esse pensamento, assuntos como os de algumas comunidades indígenas, por exemplo, que enterram crianças vivas, simplesmente porque não nascem fisicamente perfeitas, ficam, segundo a ideologia da diversidade, automaticamente isentos de crítica. Não importa que tais práticas sejam uma afronta ao bom senso e a uma mínima noção de humanidade; não cabe falar nada contra elas.

IGREJA PRESBITERIANA DA ESCÓCIA DIZ QUE JUDEUS NÃO TEM NENHUM DIREITO À TERRA SANTA


Comunidade judaica está furiosa e diz que relatório “tem linguagem polêmica igual à linguagem da era da Inquisição contra os judeus e contra o judaísmo”

Judeus escoceses disseram que ficaram “revoltados” com um recente documento da Igreja da Escócia — que é a Igreja Presbiteriana Nacional — que rejeita que os judeus tenham direitos especiais à terra de Israel.

O relatório, intitulado “A Herança de Abraão,” rejeita “afirmações de que as Escrituras ofereçam a algum povo um direito privilegiado de posse de um território específico” e diz que “só dá para haver reconciliação depois da desocupação militar israelense da Margem Ocidental e da parte oriental de Jerusalém e do desbloqueio israelense de Gaza.”

O Conselho Escocês das Comunidades Judaicas disse numa declaração postada em seu site na sexta-feira que o relatório publicado nesta semana foi “um ultraje a tudo o que o diálogo inter-religioso representa” e “tem linguagem polêmica igual à linguagem da era da Inquisição contra os judeus e contra o judaísmo.”

“A arrogância de dizer ao povo judeu como interpretar os textos judaicos e a teologia judaica é impressionante,” o conselho judaico disse.

A declaração disse que o relatório “fecha a porta para um diálogo proveitoso” e conclamou a Igreja Presbiteriana a removê-lo antes de sua próxima Assembleia Geral.

Traduzido por Julio Severo do artigo do jornal Times of Israel: Scottish church says Jews have no claim to Holy Land

O MITO DA BONDADE HUMANA

Por Renato Vargens

Outro dia ouvi um pastor dizendo que o homem ao nascer, nasce bom. Segundo ele, o ser humano é como uma louça em branco que com o passar do tempo pode ser marcada tanto para o bem como para o mal. Além disso, o dito pastor afirmou que o homem é fruto do meio, portanto, se ele for criado num ambiente ético, honesto e decente, assim ele o será, contudo, se for educado num contexto de ódio, violência e promiscuidade, assim também o será.

Pois é, não tenho a menor sombra de dúvidas em afirmar que este pastor está absolutamente errado. 

As Escrituras são claras em afirmar que o homem nasce pecador. Independente de cor, raça, sexo e nacionalidade, o ser humano nasce em um estado de pecaminosidade, culpa, e morte espiritual. Portanto, é incorreto afirmar que o homem nasce bom em essência. 

PASTORES, DIVÓRCIO E NOVO CASAMENTO

Por Augustus Nicodemus Lopes


Afinal, qual a importância de um casamento sólido e duradouro para o ministério pastoral? Paulo escreveu que “é necessário que o bispo ... seja esposo de uma só mulher” (1Tm 3.2). Podemos interpretar essa passagem de duas ou três maneiras diferentes, mas todas elas, ao final, falam da necessidade de um casamento exemplar para os líderes cristãos. Creio que há vários pontos que podem ser mencionados aqui.

O primeiro é a paz e o sossego que um casamento estável oferece e que se refletem inevitavelmente na lide pastoral. O segundo ponto é o exemplo, para os filhos, se houver, e para os casais da igreja que pastoreia. Todos esperam que o casamento do pastor seja uma fonte de inspiração e exemplo. Casamentos que dão certo e duram a vida toda funcionam como uma espécie de referencial para os demais casamentos, especialmente se for o casamento do pastor.

A RELIGIÃO QUE ELES QUEREM

Por Fabio Blanco

16 de maio de 2013

"Essa é a religião que eles querem, a religião de uma Nova Ordem: sem vocação política, sem soluções para os homens. A religião ideal para a modernidade é áfona, retraída, irrelevante"

Esperar moderação de um religioso é negar-lhe o que ele possui de mais característico: a posse de uma cosmovisão totalizante. O que é uma religião senão uma explicação da existência, do universo e das razões últimas das coisas? E se explica tudo, tudo abarca. Nada, dessa forma, se encontra fora do seu campo de interesse, nada deixa de ser penetrado por ela. Por isso, não existe laicidade para o religioso, já que nada se encontra separado de sua fé. Sendo assim, buscará impor o que acredita ser o melhor para todos. E se o melhor se encontra no que sua própria religião ensina, é em favor disso que lutará.

GENIZAH E A MANIPULAÇÃO: A ESQUERDA A SERVIÇO DA ESQUERDA

Magali do Nascimento Cunha discursando
no Conselho Mundial de Igrejas
Por Julio Severo

Fiquei surpreso e desconfiado quando o vídeo da Dra. Damares Alves foi divulgado também no Genizah. O vídeo, que muita gente no Brasil viu através de incontáveis sites e blogs, denuncia o governo federal sexualizando as crianças.

Muito acertadamente, o filósofo Olavo de Carvalho disse sobre o vídeo: “É, sem favor nenhum, o discurso mais importante e mais valioso proferido em português do Brasil no último meio século.”

CHUVA DE DINHEIRO PARA OS ATIVISTAS GAYS DE SÃO PAULO

Por Julio Severo

A Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, a ser realizada em 2 de junho na Av. Paulista, está com sua sorte garantida: A prefeitura petista sob Fernando Haddad vai dar R$ 1,6 milhão para o evento, o dobro do que o PSDB deu no ano passado.

A prefeitura petista também prometeu patrocínio financeiro para a Feira Cultural LGBT no Vale do Anhangabaú, a Caminhada Lésbica na Avenida Paulista e show de encerramento.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

CORTE MARCIAL PARA MILITARES CRISTÃOS NOS EUA

Por Ken Klukowski
Título Original: Pentágono Poderá Submeter à Corte Marcial Militares Cristãos Que Revelarem Sua Fé

O Pentágono divulgou uma nota confirmando que soldados poderão ser submetidos à corte marcial por promover sua fé: “Proselitismo religioso não é permitido dentro do Departamento de Defesa… Cortes marciais e punições extrajudiciais serão decididas caso a caso...”
  
A declaração, divulgada para a Fox News, surge logo após reportagem da Breitbart News sobre uma reunião de nomeados ao Pentágono com o extremista anticristão Mikey Weinstein para desenvolver procedimentos de corte marcial para punir cristãos nas forças armadas que expressarem ou partilharem sua fé. 

POR QUE A HUMANIDADE ODEIA A BÍBLIA?

Por Renato Vargens

Em tempos onde o relativismo se faz presente é comum encontrarmos um número significativo de pessoas que odeiam a Bíblia. Outro dia eu ouvi um ativista político dizendo que a Bíblia é a fonte de todo preconceito e que ela deveria ser exterminada de toda sociedade, porque talvez assim, Deus também desaparecesse e com ele todas as doutrinas "preconceituosas." pregadas pelos cristãos. 

A Bíblia é odiada simplesmente pelo fato de que ela denuncia nosso estado de depravação total. Sim! As Escrituras nos mostram que não existe um homem justo sequer, e que todos os homens, independente da nacionalidade, cor da pele, sexo e idade são pecadores, e destituídos da glória de Deus.

ESCOLAS DO MAL

Por Julio Severo
Título Original: Lavagem cerebral infantil: Escolas de São Paulo começam “diversidade sexual” entre meninos e meninas

Por que os chamados educadores e pedagogos estão tão interessados em que crianças de 3 e 4 anos estejam longe dos pais e perto deles nas escolas? Por que o governo está tão ansioso de obrigar crianças de 4 anos a ir para a escola?

Essa e outras perguntas são respondidas por uma matéria do jornal Estado de S. Paulo, que teve todo o cuidado de não criticar o intervencionismo abusivo de professores infantis que se julgam deuses. A matéria diz:

terça-feira, 7 de maio de 2013

OS ÍNDIOS, A CULTURA DA MORTE E OS POETAS DO INFANTICÍDIO. OU: NINGUÉM VAI BEIJAR NA BOCA PARA SALVAR OS CURUMINS?

02/05/2013 às 4:34

Por Reinaldo Azevedo

Vivemos dias, como sabem, da mais absoluta inversão moral. Um deputado como Osmar Terra (PMDB-RS), que propõe uma lei mais dura contra o tráfico, é tratado pela imprensa como bandido. É achincalhado, convoca-se um batalhão para dar opiniões e escrever artigos contra a sua proposta e lhe cassam a palavra. Já um outro, como o petista Paulo Teixeira (SP), que acha que um estoque de drogas para até 10 dias de consumo deve ser considerado legal (e isso é tráfico, claro!), é visto como herói, é paparicado, é tratado como pensador. Assim, ninguém aqui vai estranhar muito, embora possa ser estupefaciente, ao saber que uma entidade que salva crianças indígenas do infanticídio está sendo perseguida pelo Estado brasileiro. Vamos ver.

PR. MARIO FREITAS - UMA MENSAGEM PARA A IGREJA BRASILEIRA SOBRE A IGREJA PERSEGUIDA NA ÁFRICA


NOTA: Faz tempo que eu não via uma mensagem e um apelo como este. Saber sobre o que acontece com nossos irmãos perseguidos na África e na Ásia, nos faz refletir sobre nosso estilo de vida cristão no Ocidente. Será que somos crentes de fato? E se houvesse uma perseguição no Brasil?

segunda-feira, 6 de maio de 2013

ALERTA: DR. DAMARES ALVES DENUNCIA CRUELDADE CONTRA NOSSAS CRIANÇAS


NOTA: Eu não preciso fazer comentários aqui, o vídeo já fala muito e não é nada do que eu já não venha denunciando aqui. Assistam.

NO ESPÍRITO DA ONU: REV. MARCOS AMARAL E SUA LUTA PARA ACABAR COM A “INTOLERÂNCIA” EVANGÉLICA CONTRA AS RELIGIÕES AFRO-BRASILEIRAS

Rev. Marcos Amaral à esquerda
Por Julio Severo

Depois da enorme repercussão de um artigo dele desejando um derrame para Marco Feliciano, o Rev. Marcos Amaral apagou seu ofensivo texto original, que pedia vida longa ao ditador marxista Hugo Chávez.

Numa matéria desconcertante do GospelPrime intitulada “Reverendo Marcos Amaral explica sua posição a respeito de Feliciano,” não houve nenhum pedido de perdão formal ou informal pelo desejo de derrame para Feliciano.

O que o GospelPrime mostrou foi um pastor se queixando de “incompreensões e perseguições injustificadas.”

Em determinado momento, Amaral diz que ele é o único pastor evangélico na Comissão Contra a Intolerância Religiosa (CCIR), um órgão que tem se notabilizado especialmente por dar preferência para as religiões afro-brasileiras.

CHAMADA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...