segunda-feira, 26 de março de 2012

SÉRIE MEIOS DE GUERRA: CAÇAS JEDI

Caças Eta-2 de Obi-Wan Kenobi e Anakin Skywalker sobre Coruscant

Por Darth Metrius

Na Saga de Star Wars, os caças jedi sempre me foram um fator de curiosidade. Embora não sejam os meus preferidos, eles me despertam curiosidade quanto ao seu uso, história e evolução até chegar ao modelo que vimos em A Vingança dos Sith.

Sua curiosa incapacidade de saltar no hiperespaço sem um anel hiper-propulsor, lembra as limitações dos futuros caças imperiais que - propositalmente - não possuíam este dispositivo. Outra curiosidade é a evolução dos caças jedi, no seu design e função. Ainda outra, é o histórico do seu uso, onde, no fim das Guerras Clônicas, se usava um modelo padrão diferente do usado no começo, embora alguns jedi preferiam continuar usando o modelo anterior.

É pensando nestes aspectos - que tornam os caças jedi naves muito interessantes - que busco neste artigo da série, apresentá-lo de forma mais detalhada e traçar os seus paralelos com o que temos em nossa realidade.

Com vocês: os Caças Jedi.

sexta-feira, 23 de março de 2012

CRIANDO UM PAÍS DE PROSTITUTAS

Por Julio Severo


O PSOL, na figura do deputado Jean Wyllys (RJ) reuniu-se recentemente com representantes da organização da sociedade civil “Da Vida”, um grupo dedicado à promoção da dignidade dos “profissionais do sexo”. Segue o texto publicado no site oficial do parlamentar:
O Deputado Jean Wyllys (PSOL/RJ) se reuniu, na manhã dessa segunda-feira (12), com representantes da organização da sociedade civil Da Vida e pesquisadores sobre prostituição para discutir a proposta de um Projeto de Lei que regulamenta a prostituição e desenvolve estratégias para o fortalecimento da cidadania de profissionais da prostituição. Participaram da reunião Gabriela Leite, prostituta fundadora e Secretária Executiva da instituição, Flavio Lenz, fundador e assessor de Imprensa, Friederick Strack, consultora e José Miguel Nieto Olivar, pesquisador da prostituição nas fronteiras.

sexta-feira, 16 de março de 2012

O PADRE "PEDE PRA SAIR"

Após polêmicas, Padre Paulo Ricardo se ausenta em busca de conselho espiritual e jurídico

13/03/2012 - 12:05h
Ele lamentou a interpretações que seus colegas deram ao seu discurso e disse que vai procurar conselho espiritual e assistência jurídica.

O padre Paulo Ricardo de Azevedo, de Cuiabá, escreveu uma carta em seu blog no último domingo (11) afirmando que vai deixar a capital do Mato Grosso para buscar “conselho espiritual” e “assistência jurídica”. Na semana passada um documento assinado por 27 padres do estado pedia o afastamento dele por suas declarações no evento “Vinde e Vede”.

O pároco lamentou a interpretação que deram para sua pregação quando insinuou que o “espírito mundano” tinha entrado na Igreja Católica, citando seus colegas padres que não estavam mantendo uma postura adequada. Os padres se sentiram ofendidos e caracterizaram os sermões de Paulo Ricardo como “austeros e ofensivos”.

PADRE QUE XINGOU OS PROTESTANTES DE OTÁRIOS PODERÁ SER AFASTADO DO CARGO

Padre que chamou evangélicos de otários pode ser afastado do cargo

08/03/2012 - 17:32h
Vinte e sete padres teriam assinado um documento pedindo o afastamento do pároco que também andou criticando seus amigos católicos.

O padre Paulo Ricardo Azevedo Júnior, que recentemente chamou os evangélicos de otários, pode ser afastado do seu cargo após reclamações de outros padres que também foram ofendidos pelo pároco durante seus sermões.

Um pedido de afastamento será julgado pelo arcebispo de Cuiabá, dom Milton Santos, que recebeu a carta aberta assinada por 27 padres e protocolada junto à Mitra Arquidiocesana e à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

RESPOSTA AO PADRE PAULO RICARDO JR. - PARTE 3

Por Demetrius Farias


O padre Paulo ainda insiste:
"'Não, padre Paulo. Mas o senhor tem que entender que Jesus é o único Mediador, tá escrito na Bíblia. Jesus é o único Mediador, Jesus é o único Mediador, Jesus é o único Mediador', ... e eles repetem, e eles babam e eles bufam... Jesus é o único mediador, meu filho, mas você já ouviu falar do Corpo de Cristo? O único Mediador é a Igreja. O Corpo de Cristo é a Igreja. Ele é o único Mediador. É o Cristo, mas é o Cristo total. Não é só a cabeça. O único mediador é cabeça e membros. O único Mediador é Jesus,... inteiro, a Igreja. Cabeça e membros."
Padre Paulo, como eu disse na primeira parte, ou o senhor é, no mínimo, um analfabeto em Bíblia Sagrada, ou o senhor é leviano e moralmente responsável por esconder a verdade dos seus ouvintes. Sabe qual é o texto bíblico que o senhor debochou?: "Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem." 1 Timóteo 2:5

Que parte do versículo o senhor não entendeu, padre Paulo? Não, ... sério mesmo,... de fato, o senhor precisa entender, de uma vez, que JESUS É O ÚNICO MEDIADOR. Ponto!

RESPOSTA AO PADRE PAULO RICARDO JR. - PARTE 2

Por Demetrius Farias

Observamos que juntamente com a ironia e o discurso vigoroso do incauto sacerdote, sua ministração é pobre de referências bíblicas que fundamentem seu argumento. O curioso é que ele ironiza os protestante justamente na sua argumentação bíblica da negação da mediação dos santos e Maria, como se nosso argumento não fosse uma verdade contida na Palavra de Deus, como se fosse uma fabricação. Em outras palavras: padre ridiculariza os protestantes quando eles dizem: "Assim está escrito."

A pobreza de sua doutrina é notável. Seu ensino apenas reproduz a tradição católica, sem respaldo algum da Escritura. Padre Paulo se torna condenável por esta.

terça-feira, 13 de março de 2012

RESPOSTA AO PADRE PAULO RICARDO JR. - PARTE 1

Por Demetrius Farias

Que os sacerdotes romanos conheciam a Bíblia, mas faziam questão de não ensinar a sua verdadeira mensagem para os fiéis da "santa sé", isso era uma coisa que eu sempre acreditei. Entretanto, depois de assistir a um vídeo polêmico e desagradável, de uma ministração do padre Paulo Ricardo de Azevedo Jr. (Cuiabá/MT), agora tenho plena certeza disto. Na melhor das hipóteses, o mínimo que se espera, é ficar provado por outro de que o referido padre na verdade nem conhece a Bíblia como deveria, daí a base - ou a falta de uma - para suas alegações.

Antes de passar o sabre de luz neste coitado, vou contextualizar as pessoas sobre o acontecido.

PROTESTO DE UMA MULHER NO DIA DA MULHER


NO OLHO!!!


No Dia Internacional da Mulher, senadoras financiadas por empreiteiras do aborto como a Fundação Ford, Rockefeller e McArthur foram surpreendidas por uma mulher comum que denunciou: o movimento feminista é, sim, instrumentalizado para agir contra a mulher.

O NOVO CÓDIGO PENAL GARANTIRÁ ABORTO, EUTANÁSIA E ABERRAÇÕES

Julio Severo
Uma comissão de juristas nomeada pelo Senado que está elaborando um novo Código Penal aprovou na sexta-feira um texto que dá mais liberdade para que uma mulher possa realizar abortos sem ter de prestar contas por assassinato.
A principal inovação do novo Código Penal sobre aborto é que uma gestante poderá eliminar seu bebê até 12 semanas de gestação, caso um médico ou psicólogo avalie que ela não tem condições “para arcar com a maternidade”.
Juliana Belloque, defensora pública do Estado de São Paulo e integrante da comissão, vê o aborto como questão de saúde pública, afirmando, sem base nenhuma, que 1 milhão de mulheres fazem abortos ilegais por ano. Essa lógica seria tão aceitável quanto dizer que o estupro é questão de saúde pública, alegando, igualmente sem base, que 1 milhão de mulheres e crianças são estupradas, criando uma justificativa porca para legalizar uma prática criminosa.

"CURA GAY": O FALSO DEBATE

Dep. João Campos - PMDB/GO
José Maria e Silva

A resolução do Conselho Federal de Psicologia que trata dos homossexuais não deve mesmo ser aplicada — além de inconstitucional, ela desrespeita o próprio Código de Ética dos Psicólogos

Oscilando entre a ignorância e o fanatismo, a bancada evangélica no Congresso Nacional resolveu transformar o Estado brasileiro num tribunal do Santo Ofício. E os heréticos dessa nova Inquisição são os homossexuais, vítimas de uma caça às bruxas liderada por um parlamentar goiano — o deputado federal João Campos, que, além de tucano, é líder da bancada evangélica. Apesar de lhe faltar o bigodinho nasal do Führer e de preferir ternos bem cortados em vez da capa cinturada do ditador alemão, João Campos está se revelando uma encarnação de Hitler. Fundamentalista, o deputado finge não ver que o Estado brasileiro é laico e, com base no seu fanatismo religioso, apresentou um projeto na Câmara dos Deputados que pretende implantar em todo o país a “cura gay”. O deputado advoga em causa própria, pois pastores como ele são absolutamente ignorantes em matéria de ciência e acham que a homossexualidade é um transtorno mental que deve ser curado com exorcismos. Com essa visão nazista, que envergonha Goiás e preocupa o Brasil, o deputado João Campos quer fazer dos gays os novos judeus — ou eles se deixam curar pelos pastores charlatães ou serão queimados pelo moralismo hipócrita da bancada evangélica.
Quem está acompanhando o noticiário sobre esse assunto sabe que o parágrafo acima é uma síntese interpretativa fiel do modo como a imprensa brasileira vem tratando o Projeto de Decreto Legislativo nº 234, de 2 de junho de 2011, de autoria do deputado federal João Campos (PSDB-GO), apelidado pela imprensa de projeto da “cura gay”. A proposta do parlamentar goiano pretende sustar a aplicação de dois dispositivos da Resolução nº 1, de 22 de março de 1999, do Conselho Federal de Psicologia (CFP), que estabelece normas de atuação para os psicólogos em relação à questão da orientação sexual. João Campos propõe que seja sustada a aplicação do parágrafo único do artigo 3º da referida resolução, que diz: “Os psicólogos não colaborarão com eventos e serviços que proponham tratamento e cura das homossexualidades”. E também propõe a revogação prática de seu artigo 4º: “Os psicólogos não se pronunciarão nem participarão de pronunciamentos públicos, nos meios de comunicação de massa, de modo a reforçar os preconceitos sociais existentes em relação aos homossexuais como portadores de qualquer desordem psíquica”.

O BRASIL PÓS-PLC 122 - SINAIS DE UM NEFASTO FUTURO PRÓXIMO


Homofobia?
Preconceito nos olhos dos outros é refresco.


O engraçado é que no site do Parafernalha (SIC), um indivíduo "sem noção", que me recuso a classificá-lo, se doeu todo com este vídeo, afirmando ter passado pela exata situação, chamando os produtores e organizadores do site de homofóbicos. Este "sem noção" só confirma o que se vem alertando a tempos, caso o PLC 122 seja aprovado. Este é um cenário, "pós-apocalíptico", de um Brasil cuja Constituição Federal foi agredida e cuja sociedade foi obrigada a aceitar uma estratificação de castas, imposta por uma minoria barulhenta, irritante e com atitudes fascistas.

segunda-feira, 12 de março de 2012

ABEX CONTRA JEFFERSON A. DIAS

Por Julio Severo
Título Original: Ex-homossexuais defendem Silas Malafaia

A Associação Brasileira de Ex-LGBTT (ABEXLGBTT, ou, resumidamente, Abex) emitiu uma nota de repúdio público contra as declarações do procurador federal Jefferson Aparecido Dias por sua atitude de perseguição religiosa ao Pr. Silas Malafaia. 

A Abex, associação formada por ex-homossexuais e presidida pelo ex-travesti Joide Miranda, declarou na nota “que não aceitará qualquer ato de perseguição contra qualquer pessoa que pacificamente se posicione contra a homossexualidade”.

A nota oficial de repúdio, assinada por Joide Miranda e pelo Dr. Matheus Sathler em Brasília em 10 de março de 2012, diz no restante da mensagem:
Nesse sentido, declara que está tomando as devidas medidas legais junto ao Conselho Nacional do Ministério Público para dar início a um pedido de abertura de processo administrativo disciplinar em relação à atuação do procurador Jefferson Aparecido Dias para que explique na ótica do direito positivo pátrio de onde tirou a tipificação alienígena de “declaração homofóbica” em relação a fala do pastor Malafaia.

Por fim, vem declarar com profundo pesar que é extremamente preocupante uma autoridade da República Federativa Brasileira, livre e democrática, estar aparentemente utilizando um órgão tão estimado como o Ministério Público para atuar em prol de um pequeno grupo intolerante e que não aceita as diferenças de opiniões com relação a homossexualidade.

O que nos parece é que uma doutrinação totalitária da sociedade brasileira está aos poucos tentando ser implementada. Mas que com a atuação de homens de coragem, que não temem a própria morte e não se curvam frente ao mal, não evitarão esforços para impedir que tal doutrinação sem base racional e científica venha a ocorrer.

quinta-feira, 1 de março de 2012

TUDO VEM DE DEUS


FIDELIDADE A DEUS. FORA COM A AVAREZA, A MESQUINHARIA E A FALSA PIEDADE.

CHAMADA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...