domingo, 3 de julho de 2011

ALERTA: MORRE O PLC 122/2006, MAS PODERÁ NASCER DELE UM OUTRO PLC (666)

No último dia 30 de junho, a Senadora Marta Suplicy (PT-SP), em um almoço com o Senador Magno Malta (PR-ES), cumpriu a sua palavra e enterrou o PLC 122/2006 definitivamente. Entretanto, tal fato não é motivo para alegria e comemoração. Esta foi apenas uma batalha vencida, de uma guerra que ainda está longe de acabar. Deste almoço, também participaram o senador Walter Pinheiro (PT-BA) e os deputados federais Benedita da Silva (PT-RJ) e Gilmar Machado (PT-MG), e o propósito para o funeral e enterro do PL 122 se deu em razão da grande rejeição ao projeto e a ferrenha oposição dos evangélicos e católicos.


No domingo passado, 26 de junho, pouco antes da Parada Gay de São Paulo, a senadora havia dito que algumas mudanças poderiam ser feitas no projeto, como a mudança do nome e do número, além do texto em si, que. segunda ela, já possuía um conteúdo mais ou menos acordado. O problema é:
"O nome ficou muito complicado de se aprovar, o que, no conteúdo, não é mais complicado. Temos um conteúdo mais ou menos acordado. O que está difícil de acordar é o que fazemos com esse número, porque demonizaram tanto que eles não sabem o que fazer agora para dizer que o demônio não é mais demônio"
 , declarou. Somada a esta iniciativa, Marta Suplicy deseja que a parcela do Senado que ainda não se manifestou sobre o assunto seja conquistada, afim de fazer maioria sobre a bancada religiosa, como disse na entrevista (leiam aqui).

Fato é que a senadora nunca planejou enterrar de vez o projeto. Pelo contrário. É do sepulcro do PLC 122/2006 que pode nascer um Frankenstein, composto dos restos do PLC 122 e das emendas e retalhos feitos com Marcelo Crivella (PRB-RJ), que parece não se importar muito com o que diz o texto.

Eis então a nova ameaça! Na tal reunião, foi apresentada uma nova proposta, que já havia sido elaborada com o presidente da ABGLT, o Crivella e Demóstenes Torres (DEM-GO), mantendo, porém, as principais diretrizes do combate a "homofobia" (que diretrizes???). Marta declarou que o novo projeto é mais ambicioso e maior, contando com a participação de mais senadores, com ela como relatora.

Assim sendo, está configurada que a queda do PLC 122, na verdade, é o nascimento de um projeto tão perigoso quanto o anterior, sendo esta uma estratégia para engabelar senadores incautos e a população desavisada, prolongando a guerra entre cristãos e o projeto de "combate a homofobia". 


Fiquem espertos, pois em breve, conheceremos o novo Nome e o novo Número do diabólico projeto de lei constitucional que irá ser apresentado para votação no Senado Federal e que poderá nascer com a mesma cara do anterior, o finado PLC 122. Que Deus tenha misericórdia de nós, nos dê clareza no olhar e percepção acurrada para encontrar os ardis de Satanás na mão desta mulher e na dos seus colaboradores. Este é o preço que vamos pagar por eleger senadores e deputados, evangélicos, comprometidos com o governo do PT e de seus aliados. Espero que o Brasil aprenda a lição!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO!

CHAMADA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...