quarta-feira, 25 de maio de 2011

A CASA CAIU: VENCEMOS A PRIMEIRA BATALHA (pelo menos por enquanto)

Após muitos protestos e a intransigência do MEC, o "Kit Gay" foi suspenso por Dilma, até segunda ordem.


Por Demetrius Farias


Manifestante contra o "Kit Gay"
Hoje, a presidente Dilma proibiu a distribuição dos chamados "Kits Gay" do MEC para serem entregues na rede pública de educação para o ensino fundamental e médio. Ontem, após as bancadas evangélica e católica da Câmara dos Deputados, aliada do governo, se manifestar ameaçando o executivo e os líderes da base aliada no Congresso Nacional, o Planalto decidiu que suspenderia a distribuição do Kit Gay.

Isso pode ser considerado uma primeira vitória do movimento cristão evangélico sobre as militâncias gays e a agenda GLBT que o governo e a Globo tentam impor ao país. Entretanto, esta "vitória" tem um gosto amargo. Explico: A bancada cristã da câmara, após ter chegado ao limite com a falta de atenção dada pelo Executivo as suas questões e as sucessivas mentiras e intransigências do Ministro da Educação, Fernando Haddad, que havia se pronunciado que não alteraria em nada o famigerado kit, ameaçou os governistas e a Dilma que: 1) Iriam obstruir as votações na Câmara; 2) assinariam o pedido de convocação para que o ministro Palocci comparecesse ao Congresso Nacional para se explicar com relação aos mais recentes escândalos; 3) iniciar uma CPI para investigar o MEC quanto ao pagamento de quase 2 milhões de reais para a ONG Gay responsável pela elaboração do kit; e 4) pressionariam o executivo pela exoneração do Ministro da Educação.

Embora considero que seja cedo para se cantar a vitória como certa e definitiva quanto a este assunto, eu fiquei um pouco desgostoso com uma das ameaças feitas, no caso, a do Palocci. Seria como trocar a moral e a honra da família por vistas grossas a um notório corrupto integrante do governo. Mas pelo princípio do "mal menor", e levando em conta que apesar das nossas desconfianças, pode ser que Palocci seja inocente mesmo, a coisa parece que surtiu efeito. Ao menos está provado que as pressões exatas em locais certos, fazem o governo recuar de suas loucuras.

Fato: Neste momento é necessário aguardar os possíveis desdobramentos desta situação. Mas algo muito bom surgiu como resultado; Dilma declarou que de agora em diante, questões políticas que toquem aspectos morais e costumes, devem ser amplamente debatidos com todos os agentes e participantes da sociedade. A decisão também de deve pelo fato de que, a maioria da sociedade mantinha extensa reserva quanto ao material produzido, o que torna questionável a sua finalidade. É importante salientar que o "Kit Gay", ao contrário do que divulgou o Jornal Nacional, em sua edição do dia 25/05/2011, não trata do "Bullying", que já conta com programa e projetos específico.

Para mais informações leio a matéria aqui: Pressão de bancadas faz governo cancelar kit sobre homossexualidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO!

CHAMADA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...