quarta-feira, 2 de junho de 2010

NOSSA JUSTIÇA DE ESQUERDA

Superior Tribunal de Justiça aprova adoção por homossexuais

Matthew Cullinan Hoffman, correspondente na América Latina

BRASILIA, Brasil, 7 de maio de 2010 (Notícias Pró-Família) — O Superior Tribunal de Justiça do Brasil, o tribunal mais elevado da nação, aprovou a adoção de duas crianças pela parceira sexual lésbica da mulher que as havia originalmente adotado, de acordo com reportagens noticiosas locais e internacionais.

Numa decisão que os próprios ministros consideram como “histórica”, o tribunal rejeitou um recurso do procurador geral do Estado do Rio Grande do Sul para remover as duas meninas da custódia do casal lésbico.
O advogado do procurador argumentou que um casal tem de estar legalmente casado ou ter comprovadamente uma união estável a fim de adotar, e disse que um relacionamento homossexual só pode ser uma união “na prática”.
No entanto, o tribunal, que está cada vez mais dominado por juristas nomeados pelo presidente brasileiro Luiz Lula da Silva, que é a favor do movimento homossexual, decidiu em favor das lésbicas, afirmando que a adoção seria no interesse das duas meninas.
A decisão foi apoiada pelo Ministério Público Federal de Lula,
Embora a decisão não exija que os estados permitam a adoção por homossexuais, é vista como um precedente que provavelmente será citado em futuros casos para apoiar a prática de entregar crianças aos casais homossexuais.
Entretanto, apesar da inovação da decisão, Luiz Felipe Brasil Santos, um dos ministros que fez a decisão, nega que o tribunal esteja legislando.
“Não estamos invadindo a esfera legislativa. Não estamos legislando”, disse ele.
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Veja também este artigo original em inglês: http://www.lifesitenews.com/ldn/2010/may/10050712.html
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família o LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.

---------------------------------------
Extraído do Blog do Julio Severo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO!

CHAMADA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...