quinta-feira, 17 de maio de 2012

RETOMANDO VIGILÂNCIA TOTAL: MARTA SUPLICY(CIO) CONFIRMA QUE IRÁ APRESENTAR O TEXTO ORIGINAL DO PLC 122, A VERSÃO MAIS MAQUIAVÉLICA DO PROJETO

Senadora petista aceitou o pedido da comunidade LGBT e vai tentar aprovar o texto original apresentado pela ex-senadora Fátima Cleide

16/05/2012

A senadora Marta Suplicy está decidida a reapresentar o texto original do Projeto de Lei Complementar 122/2206 de autoria da ex-senadora Fátima Cleide a pedido da comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros).


O texto original defende uma versão modificada do texto da ex-deputada federal Iara Bernardi que coloca a homofobia como crime de racismo, prevendo penas de prisão para quem discriminar ou discordar do comportamento homossexual.


No ano passado, Marta Suplicy tentou rever o projeto tirando trechos que desagradavam os parlamentares que se opõe à proposta, mas a substituição do texto também não ganhou aprovação.

A proposta de Fátima Cleide chegou a ser aprovada pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado (CAS) no final de 2009, portanto tem mais chances de passar pelos outros processos de aprovação até que seja sancionada pela presidente.


“Só vamos mudar a situação atual e aprovar o projeto que criminaliza a homofobia quando os não gays assumirem que não querem mais violência e discriminação contra os homossexuais”, disse a senadora que elogiou o apoio público do presidente americano Barack Obama, que defendeu o casamento entre pessoas do mesmo sexo.


Um dos trechos do PL 122 que mais recebem críticas é a parte que criminaliza qualquer opinião contrária baseada em posicionamento filosófico, o que poderia impedir as igrejas de pregarem contra o homossexualismo, ato condenado pela Bíblia.


Com informações Agência Senado


NOTA: Nitidamente a população vem se opondo ao governo e sua agenda. O PLC 122 também vem sofrendo pesadas críticas de seguimentos protestantes e católicos que só vem crescendo em número. Dificilmente este projeto será aprovado como está, se não passar por uma revisão criteriosa e que retire do texto os pontos inconstitucionais que ferem a liberdade de expressão e de fé. Ao que parece, o movimento gay não apenas quer calar a voz dos que são contrários ao comportamento homossexual, a despeito do combate a crimes de ódio e violência, como transformar o estado brasileiro em um estado ateu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO!

CHAMADA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...