quarta-feira, 20 de novembro de 2013

UMA CARTA ABERTA DE A. W. TOZER PARA JOHN MACARTHUR JR: MESMO MORTO, ELE AINDA FALA

A. W. Tozer
Por A.W. Tozer

Nota do editor: Este artigo é um trecho do livro “God’s Pursuit” escrito por A.W. Tozer e usado com permissão da Editora WingSpread.

Todos os cristãos podem e devem ser cheios do Espírito Santo. Ninguém cria polêmica contra esse fato… Quero ousadamente afirmar que tenho a alegre convicção de que todo cristão pode ter um derramamento abundante do Espírito Santo numa medida muito além daquela que se recebe na conversão, e posso também acrescentar, muito além da medida que gozam os crentes ortodoxos de hoje.

É importante que compreendamos isso com muita clareza, pois se as dúvidas não forem removidas, a fé é impossível. Deus não surpreenderá um coração que duvida com um derramamento do Espírito Santo, e Ele também não encherá com Seu Espírito pessoas que têm questionamentos doutrinários sobre a possibilidade desse enchimento.

RENATO VARGENS RESPONDE AO UNIVERSALISMO DE ED RENÉ KIVITZ

Por Renato Vargens
Título Original: MINHA REFUTAÇÃO AO UNIVERSALISMO DEFENDIDO POR ED RENE KIVITZ

Outro dia eu escrevi um texto refutando a teologia universalista defendida pelo pastor Ed Rene Kivitz. (leia aqui

Pois é, ainda que as afirmações do pastor da Igreja Batista da Água Branca tenham sido bem claras, alguns irmãos queridos visando defender a prédica do Ed Rene, afirmaram que foi não bem isso que ele disse em sua mensagem e que na verdade, ele não era universalista.

Bom, antes de qualquer coisa gostaria de afirmar que não possuo absolutamente nada contra o caráter do Ed e que minhas divergências com ele não são pessoais e sim teológicas.

Isto posto e esclarecido, vamos aos fatos: 

CRISTÃOS REVOLTADOS APÓS PEDOFILIA SER OFICIALMENTE ACEITA COMO "OPÇÃO SEXUAL"

Por Jarbas Aragão

Associação Americana de Psiquiatria muda classificação e gera polêmica

Em 1990, a Organização Mundial de Saúde (OMS) retirou a homossexualidade da lista internacional de doenças. Desde 1886 ela era tratada como um caso de saúde pública.

A Associação Americana de Psiquiatria publicou, em 1952, em seu primeiro Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtorno Mentais, que a homossexualidade era uma desordem ou transtorno. Após anos de debate entre psiquiatras, em 1973 a Associação Americana de Psiquiatria retirou a opção sexual da lista de transtornos mentais. Pouco depois a Associação Americana de Psicologia adotou a mesma posição.

Esse foi o primeiro passo para que a Organização Mundial de Saúde acatasse essa decisão e mudasse sua situação na classificação internacional de doenças (CID). De lá para cá ativistas LGBT fizeram sucessivas investidas para que a questão gay fosse tratada apenas como “opção sexual”. No Brasil, o Conselho Federal de Psicologia deixou de considerar a opção sexual como doença em 1985.

SUECOS "MALUVIDOS" E "MALEDUCADOS"

Marie Märestad (dir.) e seu marido concedem entrevista à agência AFP em outubro
Fonte: Julio Severo
Título Original: Após proibir palmadas, Suécia sofre com geração de crianças mimadas

A proibição das punições físicas a crianças foi incorporada ao código penal da Suécia em 1979

A Suécia, primeira nação do mundo a proibir as palmadas na educação das crianças, se pergunta agora se não foi longe demais e criou uma geração de pequenos tiranos.

"De uma certa forma, as crianças na Suécia são extremamente mal educadas", afirma à AFP David Eberhard, psiquiatra e pai de seis filhos. "Eles gritam quando adultos conversam à mesa, interrompem as conversas sem parar e exigem o mesmo tratamento que os adultos", ressalta.

O livro "Como as crianças chegaram ao poder", escrito por Eberhard, explica porque a proibição das punições físicas - incorporada de forma pioneira ao código penal da Suécia em 1979 - levou, pouco a pouco, a uma interdição de qualquer forma de correção das crianças.

"É óbvio que é preciso escutar as crianças, mas na Suécia isso já foi longe demais. São elas que decidem tudo nas famílias: quando ir para a cama, o que comer, para onde ir nas férias, até qual canal de televisão assistir", avalia ele, considerando que as crianças suecas são mal preparadas para a vida adulta.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

ENTREVISTA SOBRE PORNOGRAFIA


Por Augustus Nicodemus Lopes


Consumir pornografia é mais comum do que pensamos pelos que se declaram evangélicos. Infelizmente o número de homens e mulheres que se declaram cristãos e que consomem imagens pornográficas pela internet, celular e outras mídias, é alarmante.

Enquanto que muitos já cauterizaram a consciência com argumentações a favor de consumir pornografia, outros ainda estão lutando para se livrar dela. Esta luta por vezes é silenciosa, oculta, solitária, por causa da vergonha ou do receio de se buscar ajuda. Há muitos testemunhos de pessoas que um dia foram viciadas em sexo virtual mas que, com a graça de Deus, encontraram libertação.

Ninguém nunca me entrevistou sobre este assunto, mas imagino que uma entrevista seria mais ou menos assim:

CHAMADA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...